[Libelo entre Custódio José de Passos e José Manuel Teixeira Malheiro e António Torquato Ribeiro Magalhães]: cópia

Documento/Processo, 1853/05/23 – 1853/05/23


Cópia do libelo entre Custódio José de Passos (que era o fiador dos réus) e José Manuel Teixeira Malheiro e António Torquato Ribeiro Magalhães, acusados de falsificarem o contrato de arrendamento das casas do Largo da Batalha nºs 7 a 10, de que eram arrendatários, as quais eram pertença da Confraria de Nossa Senhora da Batalha.