Reveses sufridos por nuestras armas en Castel-Rodrigo : 1664

Documento/Processo, [191?] – [191?]


Mal sucedidos no Alentejo, e desejosos de vingar o saque da vila espanhola de Sobradillo pelas forças portuguesas sob o comando de Pedro Jacques de Magalhães, uma força de 3.000 homens sob o comando do duque de Ossuna, forçou a sua entrada em território português pela fronteira da Beira, tendo imposto cerco à vila de Castelo Rodrigo.
O Castelo de Castelo Rodrigo encontrava-se guarnecido, na ocasião, por uma pequena guarnição de apenas 150 homens. Avisado, Pedro Jacques de Magalhães reuniu às pressas o maior número de forças portuguesas disponíveis e acorreu em defesa de Castelo Rodrigo.
A batalha teve lugar a 7 de Julho de 1664, no lugar da Salgadela, freguesia da Mata de Lobos, no termo do concelho de Castelo Rodrigo (donde o nome alternativo por que é conhecida - batalha da Salgadela). Repelido o primeiro assalto, o comandante português, aproveitando o cansaço das tropas espanholas, contra-atacou, obrigando as forças espanholas à retirada.

Ver em ecrã completo
  • Identificador 300359
  • Código parcial F.NV:FG.M:7:29(10)
  • Arquivo
  • Produtor
  • Notas

    Características físicas: papel preto colado nas extremidades.

  • Dimensões

    0,090 x 0,120 m; 1 negativo em vidro

  • Local de consulta

    Arquivo Histórico

  • Cota

    F-NV/FG-M/7/29(10)