Gravura : o Ilustrissimo Francisco António Leitão Comendador da Ordem de Cristo

Documento/Processo, [191?] – [191?]


Reprodução de uma gravura equestre realizada por Manuel António de Castro, em 1823, de Francisco António Leitão: «Commendador da Ordem da Christo e Coronel do Regim.to de Milicias de Chaves. Foi um dos primeiros Heroes da Restauração que muito se destinguio na Cidade de Bragança junto com os seus amigos no dia 27 de Fevereiro de 1823. Dedicado a El-Rei Nosso Senhor.»
Francisco António Leitão, nasceu em Chaves, em 1794, seguiu a carreira das armas e reformou-se como coronel, em 1824. Participou na Guerra Peninsular. Em Maio de 1813 era cadete. Com 25 anos viu implantado o regime constitucional pela Revolução de 1820. Na região de Chaves houve renhidos combates liderados pelo Marquês de Chaves. E Francisco Leitão, firme ao absolutismo, ofereceu-se às hostes do Marquês que o promoveu ao posto de Coronel. Nessa qualidade comandou o regimento de Infantaria 7. Simultaneamente comandou as milícias de Chaves.

Ver em ecrã completo
  • Identificador 300167
  • Código parcial F.NV:FG.M:7:229
  • Arquivo
  • Produtor
  • Notas

    Características físicas: marcas de revelação ans extremidades.
    Cota antiga: 949.

  • Dimensões

    0,090 x 0,120 m; 1 negativo em vidro

  • Local de consulta

    Arquivo Histórico

  • Cota

    F-NV/FG-M/7/229