Comissão de Liquidação de Perdas e Danos da Foz do Douro. 1833-1837

Produtor, 1833 – 1837


A criação de uma Comissão de Liquidação de Perdas e Danos para São João da Foz é feita por decreto de 31 de agosto de 1833, sendo a sua nomeação feita pela Câmara Municipal da Foz do Douro.
A Comissão de Recenseamento de Perdas e Danos do Porto, encarregada anteriormente de recolher informação sobre os prejuízos causados durante o Cerco do Porto, deveria entregar-lhes os documentos relativos à área geográfica abrangida.

  • Tipo de entidade Coletividade

  • Código parcial CLPDFD
  • Data de produção 1833 – 1837
  • Data de existência 1833 – 1837
  • Zona geográfica

    Concelho de São João da Foz do Douro, freguesias de Lordelo do Ouro e Nevogilde.

  • Funções, ocupações e actividades

    De acordo com o decreto de criação, a comissão teria a função de liquidar os valores das perdas e danos causados a cada lesado, durante o Cerco do Porto.

  • Enquadramento legal

    Decreto de 31 de agosto de 1833.

  • História arquivística

    A documentação produzida pela comissão deu entrada na Câmara Municipal do Porto em 1837, juntamente com o arquivo da extinta Câmara Municipal de São João da Foz do Douro (Inventário dos livros e mais papéis da extinta Câmara da Freguesia de São João da Foz do Douro entregues na secretaria da Municipalidade do Porto - A-PUB/6206).

  • Fonte imediata de aquisição e transferência

    A documentação produzida pela comissão deu entrada na Câmara Municipal do Porto em 1837, juntamente com o arquivo da extinta Câmara Municipal de São João da Foz do Douro (Inventário dos livros e mais papéis da extinta Câmara da Freguesia de São João da Foz do Douro entregues na secretaria da Municipalidade do Porto - A-PUB/6206).

  • Língua
    Portuguese
  • Alfabeto
    Latin